terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Ser ou não ser...só


Preciso aprender a ser só
Escrever meus silêncios prolongados
Escutar minha solidão gritante
Mergulhar no meu infinito
Sabendo lá extravazar as tristezas
Que vêm junto com o ser só.

Preciso entender que sou só
Não me basto, mas preciso.
Preciso admitir meus vazios
Para ouvir as estrelas
Subir minhas montanhas

Me salvar do amor iminente
Da surpresa extraordinária
Me salvar de mim.

Porém...
Não sei ser uno
Só sei ter ombros de lágrimas
Ser pensamentos de outros
Encarar olhares e sorrir
Abraçar longos braços que precisam
Doar e não esperar.

Preciso ser só.
Mas só sei ser muitos.

13 comentários:

  1. Mas moça, para que ser só? Seja não! kkkkk

    A poesia tá muito gostosa de ler e nos leva para dentro dela...

    bjs
    O Sibarita

    ResponderExcluir
  2. Ana

    Que triste, não gostei não. Prefiro a Ana mais nimada....rs.....

    Abs

    ResponderExcluir
  3. Preciso de estar sózinha
    Aqui ou em outro lugar
    Saber se é sina minha
    Preciso me encontrar.

    Feliz Natal minha querida, saúde, paz e muito amor. Beijócas com muito carinho.

    ResponderExcluir
  4. Mais um belo poema!
    E sei o quanto é difícil traduzir-se, procuramos um e encontramos mil, somos camaleônicos, temos heterônimos, e isso que nos faz belo, e mais ainda, isso que faz cada poema uma poesia única!
    Parabéns.

    ResponderExcluir
  5. Maravilhosa Amiga:
    Um poema soberbo de maravilhar e deslumbrar.
    É uma pérola preciosa valiosíssima. De ouro puro.
    Uma princesinha doce que cativa.
    Parabéns sinceros.
    Adorei. Fabulosa.
    Tem sentimentos de pureza, beleza e encanto.
    Beijinhos amigos agradecidos pela ternura deixada expressa no meu blogue.
    Feliz Natal na companhia da sua deliciosa família.
    Sempre a admirá-la e a respeitá-la.

    pena

    Bem-Haja, amiga de sonho.
    Excelente!

    ResponderExcluir
  6. Ana Cristina...

    Belo poema!

    Que teu Natal seja repleto de luz... daquela que acendemos por dentro e que a tudo irradia em forma de sentimentos.


    Beijos...
    AL

    ResponderExcluir
  7. Ana Cristina,
    Belo poema!
    Sempre neste mês de Natal é a sensibilidade que toca alma e alimenta o coração de luz.
    Beijos no coração

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Devemos talvez parar e pensar um pouco em nós mesmos.

    Feliz Natal

    Beijo

    ResponderExcluir
  10. Minha querida Ana
    Lindo poema embora triste.
    Desejo que passe um Natal Feliz e que o Novo Ano seja repleto de felicidade, paz e amor.
    Obrigada pelo carinho.

    Beijinhos

    Sonhadora

    ResponderExcluir
  11. Ele veio para iluminar o mundo.
    Mistério de luz,
    inunda nosso espírito em ternuras
    e modifica nosso modo de agir.
    Transforma nosso egoísmo
    em ações concretas.
    Jesus é esperança
    e nos traz paz e felicidade.
    Ensina o caminho
    e anuncia a salvação.

    Linney Jeanne Palma

    Desejo a você e sua Família,
    um feliz Natal, e muita paz, imbuído do verdadeiro sentimento de
    solidariedade e amor.
    Abraços com todo meu carinho

    ResponderExcluir
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Deixe suas palavras aqui... (mas por favor, sem ctrl c ctrl v :D)

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Ser ou não ser...só


Preciso aprender a ser só
Escrever meus silêncios prolongados
Escutar minha solidão gritante
Mergulhar no meu infinito
Sabendo lá extravazar as tristezas
Que vêm junto com o ser só.

Preciso entender que sou só
Não me basto, mas preciso.
Preciso admitir meus vazios
Para ouvir as estrelas
Subir minhas montanhas

Me salvar do amor iminente
Da surpresa extraordinária
Me salvar de mim.

Porém...
Não sei ser uno
Só sei ter ombros de lágrimas
Ser pensamentos de outros
Encarar olhares e sorrir
Abraçar longos braços que precisam
Doar e não esperar.

Preciso ser só.
Mas só sei ser muitos.

13 comentários:

  1. Mas moça, para que ser só? Seja não! kkkkk

    A poesia tá muito gostosa de ler e nos leva para dentro dela...

    bjs
    O Sibarita

    ResponderExcluir
  2. Ana

    Que triste, não gostei não. Prefiro a Ana mais nimada....rs.....

    Abs

    ResponderExcluir
  3. Preciso de estar sózinha
    Aqui ou em outro lugar
    Saber se é sina minha
    Preciso me encontrar.

    Feliz Natal minha querida, saúde, paz e muito amor. Beijócas com muito carinho.

    ResponderExcluir
  4. Mais um belo poema!
    E sei o quanto é difícil traduzir-se, procuramos um e encontramos mil, somos camaleônicos, temos heterônimos, e isso que nos faz belo, e mais ainda, isso que faz cada poema uma poesia única!
    Parabéns.

    ResponderExcluir
  5. Maravilhosa Amiga:
    Um poema soberbo de maravilhar e deslumbrar.
    É uma pérola preciosa valiosíssima. De ouro puro.
    Uma princesinha doce que cativa.
    Parabéns sinceros.
    Adorei. Fabulosa.
    Tem sentimentos de pureza, beleza e encanto.
    Beijinhos amigos agradecidos pela ternura deixada expressa no meu blogue.
    Feliz Natal na companhia da sua deliciosa família.
    Sempre a admirá-la e a respeitá-la.

    pena

    Bem-Haja, amiga de sonho.
    Excelente!

    ResponderExcluir
  6. Ana Cristina...

    Belo poema!

    Que teu Natal seja repleto de luz... daquela que acendemos por dentro e que a tudo irradia em forma de sentimentos.


    Beijos...
    AL

    ResponderExcluir
  7. Ana Cristina,
    Belo poema!
    Sempre neste mês de Natal é a sensibilidade que toca alma e alimenta o coração de luz.
    Beijos no coração

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Devemos talvez parar e pensar um pouco em nós mesmos.

    Feliz Natal

    Beijo

    ResponderExcluir
  10. Minha querida Ana
    Lindo poema embora triste.
    Desejo que passe um Natal Feliz e que o Novo Ano seja repleto de felicidade, paz e amor.
    Obrigada pelo carinho.

    Beijinhos

    Sonhadora

    ResponderExcluir
  11. Ele veio para iluminar o mundo.
    Mistério de luz,
    inunda nosso espírito em ternuras
    e modifica nosso modo de agir.
    Transforma nosso egoísmo
    em ações concretas.
    Jesus é esperança
    e nos traz paz e felicidade.
    Ensina o caminho
    e anuncia a salvação.

    Linney Jeanne Palma

    Desejo a você e sua Família,
    um feliz Natal, e muita paz, imbuído do verdadeiro sentimento de
    solidariedade e amor.
    Abraços com todo meu carinho

    ResponderExcluir
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Deixe suas palavras aqui... (mas por favor, sem ctrl c ctrl v :D)